quarta-feira, 20 de julho de 2011

Foram-se!

As férias foram-se sem cerimónias (nem sequer se despediram…), e nós regressámos à bela Região do Oeste. A cada manhã nascida cá continuam, de um lado a auto-estrada, de outro a borda da lezíria por onde passam, ao amanhecer, o pastor e os cães conduzindo as ovelhas ao pasto, de onde só regressam quando o sol lhes diz serem horas. Indiferentes ao vento, que teima em soprar forte, as andorinhas permanecem alimentando as crias para, não tarda, as conduzirem de retorno à rota migratória.

Para trás ficou o terno abraço do rio ao mar. Os golfinhos sorrindo nas águas azuis, as gaivotas e as águias pesqueiras. Onde estive?

Pouco importa. O regresso acontece no Dia da Amizade. Aqui vos deixo o meu abraço.

Se Eu Morrer Antes de Você

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:

Chore o quanto quiser, mas não brigue comigo.

Se não quiser chorar, não chore;

Se não conseguir chorar, não se preocupe;

Se tiver vontade de rir, ria;

Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão;

Se me elogiarem demais, corrija o exagero.

Se me criticarem demais, defenda-me;

Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam;

Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo...

E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase:

-"Foi meu amigo, acreditou em mim e sempre me quis por perto!"

Aí, então, derrame uma lágrima.

Eu não estarei presente para enxugá-la, mas não faz mal.

Outros amigos farão isso no meu lugar.

Gostaria de dizer para você que viva como quem sabe que vai morrer um dia, e que morra como quem soube viver direito.

Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.

Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu.

"Ser seu amigo, já é um pedaço dele..."

(Chico Xavier)

Adenda: Já depois de editado o post recebi daqui este selo, que reproduzo com todo o gosto.

12 comentários:

Brown Eyes disse...

Carlos vim deliciar-me com a tua escrita, matar saudades.
Beijinhos

acácia rubra disse...

"Foram-se" mas, em contrapartida, temos-te aqui de novo e logo com um recado que a todos nós diz respeito. A mim sobretudo porque me fazes o favor de ser Amigo.

Também dizer-te que a Fê te radiografou como só ela o sabe fazer.
Gostei muito.

Beijo

Fernanda disse...

Tudo o que é bom...

Beijinho

folha seca disse...

Carlos
Bem vindo.
Um regresso em excelência com um poema (para mim desconhecido) que muito me sensibilizou.
Viva a amizade (mesmo que só virtual)
Abraço

Maria disse...

A região do Oeste continua a ser bonita. Até para férias...
:)))

Abraço, no dia do Amigo.

Rosa Carioca disse...

Chico Xavier permanece vivo nas suas belas palavras. Grande Homem!
Que bom que voltou; e também gostei muito do modo como a Fê o "radiagrafou".
Feliz retorno.

Ava disse...

Então regressei na hora certa. Para me deliciar com as suas palavras e me encantar com a sua presença.

Beijinhos doces, Ava

Catsone disse...

Caro Carlos, como espírita, gosto quando citam Chico.

Abraço e bom regresso.

Maria João disse...

Carlos

É bom saber do seu regresso. Que importa onde esteve, se rio e mar lhe afagaram o olhar ?!

Do poema, belo na expressão maior do valor da amizade, prefiro dizer-lhe, aqui e agora;

É meu amigo, acredita em mim e continuamos a partilhar a amizade através das palavras, e eu, sinto um enorme previlégio por isso.

Um beijinho

Maria João disse...

Desculpe... queria escrever;

privilégio :-)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pois é, Carlos, as férias passam num ápice e quando nos estamos a habituar a elas...acabam!
Vejo que, ao contrário do que aconteceu comigo, regressa em grande forma. Eu só agora começo a soltar-me...nos primeiros dias nem sabia o que escrever!
Um bom regresso ao nosso convívio e um grande abraço.

PS: Gostei muito de ler o que me contou lá no CR sobre o seu contacto com esse ser humano de excepção que é Mandela

Filoxera disse...

As férias têm essa característica: passam depressa demais...
Desejo-lhe um bom regresso, com muita inspiração.
Beijinhos.