terça-feira, 5 de julho de 2011

Mukanda

O Homem quer, os deuses não, a obra não nasce.

Os deuses endemoninharam-se, o Homem passou a ser ninguém, a obra nada mais é do que um cadáver adiado.

-_-_-_-_-

Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.

Deus quis que a terra fosse toda uma,

Que o mar unisse, já não separasse.

Sagrou-te, e foste desvendando a espuma.

E a orla branca foi de ilha em continente,

Clareou, correndo, até ao fim do mundo,

E viu-se a terra inteira, de repente,

Surgir, redonda, do azul profundo.

Quem te sagrou criou-te português.

Do mar e nós em ti nos deu sinal.

Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez.

Senhor, falta cumprir-se Portugal!

(Fernando Pessoa, Poemas Escolhidos)

---

-Parto para férias. Vou para a beira da água ver os golfinhos. Um abraço a todos, e até depois.-

10 comentários:

acácia rubra disse...

Carlos:

Boas férias!

Se vais ver os golfinhos, diz-lhes das nossas angústias; vê se "do azul profundo", desse mar que já foi nosso, alguma onda se ergue, que possibilite, já só peço, um bom "banho" a este nosso país.

Aproveita o sol e a linha do horizonte.

Até voltares.

Beijo

folha seca disse...

Caro Carlos Albuquerque
Para além de agradecer a partilha do poema, queria desejar-lhe umas excelentes e retemperadoras férias. Cheira-me que mais cedo do que sería previsível vai ser necessário usar as "armas que temos na mão"
Abraço

Maria disse...

Boas férias e bom descanso!

abraço.

Fê-blue bird disse...

"O Homem quer, os deuses não, a obra não nasce."

Não podia hoje ler nada mais verdadeiro!
Desejo-lhe meu amigo umas excelentes férias.
Cá o esperamos!

beijinhos

Rosa Carioca disse...

Bom descanso, muita tranquilidade!

rosa-branca disse...

É mesmo...falta cumprir-se Portugal. Lindo. Boas férias meu amigo. Beijos com carinho

Maria João disse...

Há sempre um sonho, no caminho que falta cumprir-se. É por aí que vamos!!

Boas férias, Carlos. Os golfinhos são sempre uma excelente e sincera companhia.

Um beijinho muito grande

rosa-branca disse...

Boas férias meu amigo e deslize em terra como os golfinhos em mar no ondular do sentir. Beijos com carinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Regressei de férias este fds e aproveito para lhe desejar umas excelentes férias a si, Carlos.
Um abraço e até breve.

Fê-blue bird disse...

Meu amigo sei que está de férias, quando regressar gostaria que visse o post que lhe dediquei, espero que goste ;)

http://sotepeco5minutos.blogspot.com/2011/07/carlos-albuquerque.html

Beijinhos