sábado, 24 de abril de 2010

Primeiro Aniversário!


Dei vida ao Conversas Daqui e Dali corria a tarde de sexta-feira 24 de Abril de 2009. Faz hoje um ano! Este meu e vosso blog surgiu tímido como Ulisses, em Ogígia, perante Calipso. Foi caminhando, descobrindo a cada passo este bosque de encantos, de afectos e de amizades que é a Blogosfera, qual Olimpo. Fez amigos. Hoje são mais de cento e quarenta os seguidores, os visitantes aproximam-se dos dez mil. Neste dia de aniversário partilho convosco a alegria e o prazer que por tal sinto. Obrigado pela vossa presença, que me incita a prosseguir. Aceitam uma fatia de bolo e uma taça de champanhe? E também um cravo de Abril e algumas palavras não engelhadas?

Não se lembra de ter sido criança, como toda a gente.
Não tem farrapos de vida escritos em diários, ou livros para ler.
As flores olham-na como igual, falam-lhe. Ela responde-lhes, ensinando-lhes os nomes que lhe disseram terem as estrelas, o mar, os rios e tudo o que a rodeia.
Vive com uma esteira a que todas as manhãs se enrola com gemidos de dor guardados, que leva de noites de entrega na troca por mais um dia.
Neste alvorecer pousa-lhe no colo uma flor sem haste. É um cravo vermelho do Universo, que desceu a procurá-la.
- Ergue-te, diz-lhe, não mais te entregues, vai procurar o porvir.
Ousando acreditar, borbulhando-lhe no sangue novas nascentes, ela vai.

Saio a procurar o porvir
De amor e luz não de escura dor
Não de solidão nem compaixão
Mas de um jardim de fios de seda
Saio a procurar existências pensadas
Um agora de cidades não desertas
Com ruas sem palavras pisadas
De gentes abertas
Em que as sombras sejam de luz
Ter nelas o que me seduz
Flores que não murcham
Rios que correm felizes
E às estrelas murmuram
Saudades de distantes Belizes
E perfeições imperfeitas
Sem vozes desfeitas
Vou continuar
Docemente
Por um cabelo teu andar
Teu rosto ameigar
Como quando eras fagueira
Procurar-te o olhar e nele deixar
Não um rio a orar
Mas mar a alagar a fogueira
Que meu coração sente
Me queima e contrista
Por te sentir a querer abalar
Emplumada e de crista
Sem quereres saber
Ir no vento do nada falar
Ó pedante e enleante
Ó cróia a valer
Com quem te dás tu?
Quem te disse, ó vida
O que me queres dizer?

(Desejo-vos um bom fim-de-semana. Que o Domingo, Dia da Liberdade, seja um excelente dia para todos)

21 comentários:

Fernanda disse...

Querido amigo Carlos,

Estava à espera para te dar mais uma vez os parabéns!
Muitos e muitos parabéns.

Escolheste um dia lindo para começar o teu excelente Blog.
Escreveste um texto e uma poesia que comove.
Bem hajas.
Brindarei contigo por tudo o que fazes e sobretudo por seres este ser maravilhoso que és.

Beijinho e um forte abraço.

Carlos Albuquerque disse...

Amiga Fernanda,
Obrigado!
Fiquei completamente desvanecido com o selo alusivo ao aniversário do meu blog, que colocaste na Casa do Rau e no Sempre Jovens! Trouxe-o comigo e publicá-lo-ei em breve.
Beijinho e grande abraço

MARIINHA disse...

MUITOS PARABÉNS!! O meu blog tem só 2 meses mais. Não sou seguidora desde o início, porque desconhecia, agora enquanto andar por aqui não deixarei de o visitar.
Desejo também rápidas melhoras.
Bom Fim de Semana
Um abraço

Fernanda disse...

Obrigada querido amigo.

Estou tão feliz por ti!

Possivelmente ainda hoje irás também comigo celebrar o meu centésimo seguidor, estou a um só de o conseguir.
Para mim uma imensa alegria também, uma vez que o meu Blogue só em Julho faz um ano.

Estou radiante por teres gostado do meu selinho para ti.

Beijos e cuida-te muito.

ematejoca disse...

Muitos parabéns por este dia especial! Desejo que o Carlos permaneça por estes lados por muitos mais anos!

Um grande abraço da amiga de longe, Teresa

Malu disse...

Bom dia!
Estou feliz por ti!
Como Ulisses, tímido em alguns momentos, mas destemidos n'outros, aqui tem cantado tua Odisseia, cheia de reflexões, de desafios, enfim de VIDA.
Grande e enorme abraço, meu amigo

Elaine Barnes disse...

ôh meu amigo, que coisa boa! Parabéns pelo aniversário aqui. Venho porque admiro tua obra E NÃO POR OBRIGAÇÃO, REALMENTE TUDO QUE ESCREVE É TÃO PERFEITO QUE SÓ POSSO APLAUDIR DE PÉ! Aprender bebendo aqui dessa fonte inesgotável de sensibilidade e criatividade. Obrigada por tudo,que essa data também não se esgote. Que venham muitos anos de testos e poemas para nosso deleite. Montão de bjs e abraços de felicidades

José disse...

Olá Amigo Carlos,
fico feliz por estar novamente junto de nós,e espero que bem e sem dores.
E PARABÉNS pelo aniversário do seu blog, que é um blog de sucesso, porque você merece, além de ser um verdadeiro ser humano,escreve lindamente,eu que fico a uns bons quilómetros de distancia, também não me posso queixar, tenho tido pessoas maravilhosas sempre a meu lado.

um grande abraço
José.

Dulce disse...

Parabéns ao Carlos por este primeiro aniversário.
Este seu espaço é um alento, meu amigo. Um lugar para se estar, para se aprender, para se adoçar a alma. Assim, o aniversário é do "Conversas daqui e dali", mas o presente é nosso, em forma de encarnado cravo de abril, perfumado e lindo, em forma de versos, em forma de amizade...
Muito outros aniversários hão de vir, amigo. Sempre com a mesma alegria e o mesmo sucesso.
Aceito o pedaço de bolo, brindo com você e com todos os seus leitores e amigos, o sucesso deste cantinho tão especial.
Beijos e muitos parabéns.

Amapola disse...

Primeiramente, agradeço a Deus, por você estar de volta.
Muito obrigada pelo cravo, pelo poema, pela amizade!
Que Deus nos permita, continuarmos nos comunicando por muito e muito tempo. Amém!

Um grande abraço, amadooo!

Austeriana disse...

Parabéns,

Pela recuperação e (claro!) pelo aniversário deste lugar acolhedor!

Um grande abraço e votos de que tudo lhe corra bem! :)))

TERESA SANTOS disse...

Uau, Mwata, finalmente de volta! Nem imaginas como fico feliz. Passei diversas vezes numa tentativa de saber se havia novidades, mas nada, o nosso querido Mwata continuava hospitalizado, sofrendo.
Mas pronto, agora que o mau tempo passou, um grande abraço de Parabéns pelo 1.º aniversário do "Conversas" e aceito, sim senhor, com todo o gosto, a taça de champagne e a fatia de bolo.
Quanto aos cravos, queria, mas queria mesmo festejá-los, abençoar o dia em que a nossa esperança nos foi restituida, em que sonhámos com um País melhor, mas... querido Mwata, palavras para quê? Basta-nos olhar à nossa volta.
Abraço grande, Amigo.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Antes de mais os meus muito sinceros parabéns pelo primeiro aniversário do " Conversas daqui e dali". Desde que o descobri, tornou-se visita diária obrigatória.
Uma segunda palavra para me regozijar com o seu regresso à nossa companhia, o que significa que o mau tempo já lá vai e o temos de novo de boa saúde entre nós.
Finalmente, um abraço solidário em mais um aniversário do 25 de Abril que começarei a assinalar pelas 22 horas lá no meu Rochedo.

Filoxera disse...

Parabéns pelo aniversário.
Também o meu blogue faz anos, mas amanhã.
Um beijinho.

Rosa Carioca disse...

Parabéns pelo aniversário do blog. Nunca tinha parado para pensar quanto tempo tem o meu blog (e não é que já tem pouco mais do que um aninho?)

Teresa disse...

Carlos
Claro que aceito a fatia de bolo e a taça de champanhe e vamos sentar-nos um bocadinho, a conversar. Que belas palavras escolheu para festejar o 1.º aniversário do Conversas. Ou foi para festejar o 25 de Abril? Eu acho que foi pelas duas razões.
Bjs

Maria João disse...

Carlos

Tê-lo de volta é motivo de satisfação maior, por todos os motivos que várias vezes já referi...
Tenho de lhe agradecer, o facto de há um ano atrás, ter decidido partilhar a sua escrita neste blogue onde, reunindo conversas daqui e dali construíu um espaço de privilégio para quem o visita regularmente, como eu, desde há quase um ano.
Este é para mim um blogue de ouro e admiração, como já o havia dito em Mimos&Selos
http://mimoseselos.blogspot.com/
há uns tempos atrás, estava o Carlos no hospital.

Os meus parabéns

... e o meu abraço!

Sonhadora disse...

Meu amigo
Parabéns pelo aniversário do blog e pelo poema lindo.
Desejo que esteja melhor e que a recuperação seja rápida.

beijinhos
Sonhadora

Manuela Freitas disse...

Caro amigo,
Parabéns pelo aniversário do blogue e pela forma como é elaborado. Parabéns pelo óptimo texto e poesia.
Um cravo vermelho e um grande abraço,
Manuela

Zen disse...

Amigo Carlos amei o seu blog. Meus parabéns pelo aniversário dele e felicidades pelo seu regresso. Quanto a mim voltarei sempre.Forte abraço.Zen.

maria teresa disse...

Parabéns ao criador deste espaço e ao próprio espaço, um lugar de eleição para quem quer ler "verdades" sobre a VIDA...
Abracinho