segunda-feira, 3 de maio de 2010

Book- Blogagem colectiva

“A cultura assusta muito. É uma coisa apavorante para os ditadores. Um povo que lê nunca será um povo de escravos.”
(António Lobo Antunes)



A publicação deste post integra-se numa blogagem colectiva sugerida pela C. do Marcas D’Água, em comentário deixado no Bicho-Carpinteiro da Austeriana. Foi decidido fazê-lo hoje, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, implementado pela UNESCO. A celebração deste dia dá-nos oportunidade para reflectirmos sobre a necessidade de aquisição desse bem que é o Conhecimento.
Através do programa "Memória do Mundo", a UNESCO tem promovido a identificação e preservação de documentos e arquivos de grande valor histórico, assegurando a sua ampla disseminação. Entre eles contam-se, por exemplo, o original da 9ª sinfonia de Beethoven, a Bíblia de Guthenberg ou a Carta de Pêro Vaz de Caminha (o primeiro bem português inscrito no programa).
A comissão Europeia lançou em 27 de Abril o Livro Verde com o intuito de estabelecer prioridades para a Cultura, área já geradora de cinco milhões de postos de trabalho.
O vídeo revela-nos uma fantástica «descoberta» científica! Experimente este novo produto, o Book, vai ver que vale a pena.
Ainda pode participar na blogagem colectiva. É só dispor-se a tal.



17 comentários:

Dulce disse...

Bom dia, meu amigo.

O Prosa aceitou o repto lançado pelo Carlos e participa, com muito prazer, da Blogagem Coletiva.
Beijos

Carlos Albuquerque disse...

Bom dia, Dulce!
Sempre presente nestes momentos.
Nem precisava dizer, eu sabia que iria participar.
Beijos

Malu disse...

Bom dia, amigo...
Seus convites sempre são bem aceitos.
Beijinhos

Austeriana disse...

«Light», «Trepadeira», «Catharsis», «Alfobre», «Grande Jóia», «Marcas d'Água», «B-c», «Conversas daqui e dali», e ... celebram hoje O LIVRO - esse objecto único e cada vez mais precioso! :)))

Abraço.

Malu disse...

Carlos, passo novamente, para fazer-te convite.
Conheça um novo espaço que está se formando ainda - http://in-percepcoes.blogspot.com

beijinhos

Agulheta disse...

Amigo Carlos!Gostei de ler o que aqui descreve,as palavras de António Lobo Antunes.Bem quanta razão ele tem,as pessoas que lê e sabem realmente, os ditadores tem medo deles,são difíceis de (embrulhar)
Beijinho Lisa

Carlos Albuquerque disse...

Austeriana,
Acrescento "Em Prosa e Verso" :)))
Abraço

Carlos Albuquerque disse...

Malu,
Convite aceite. Já lá fui e fiquei.
Beijinhos

(IN) PERCEPTÍVEIS disse...

Meu querido, (IN) PERCEPÇÔES é nosso. Surgiu assim, tocado pela alma e pelo coração.
è idealização minha mas será escrito a tantas mãos que nela quiserem ajudar.
E com tua sensibilidade muito será útil.
Grande beijo

Michelle Crístal disse...

Aqui viajei o mundo, aqui será bom ficar, época de me renovar...Estou te seguindo...um convite sempre está disposto a aceitar!

C. disse...

Carlos Albuquerque:

E cá estamos a defender, colectivamente, uma das mais importantes invenções da humanidade.
Da minha parte, um abraço a todos os que aceitaram o desafio. Lindo!!!:-))

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Bem tentei participar no desafio, caro Carlos, mas não consegui resolver a inépcia para colocar videos no blog. (Vergonha, eu sei...)
Sorry!!!!

Virgínia do Carmo disse...

Carlos, já conhecia este vídeo, é fantástico! É bom que nos lembremos mesmo da importância gigantesca desta invenção insubstituível e insuperável. Para mim não é sofisticado aquele que tem um I-Pod, mas o que caminha com um livro na mão....

abraço grato pela passagem pelo meu pequeno lugar...

Maria João disse...

E no fim, ficarão sempre as palavras que escritas, ninguém apaga, o vento não leva e jamais se perderão na memória.
Book é um amigo eterno, na verdade e continuará a sê-lo, apesar de muitos se esquecerem disso.

Um beijinho

nereida disse...

Amigo! Que felicidade enorme tê-lo de volta e espero , plenamente recuperado! Eu , infelizmente tenho tido pouco tempo de dedicar-me ao Blog em decorrência do trabalho e dos estudos para concursos públicos. Na medida do possível dou um "giro" rapidamente pelos dos colegas. Que bom , que "O grande Ditador", do inesquecível Chaplin o tenha levado novamente a visitar-me! Um grande e fraterno abraço,
Nereida Coêlho

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Olá,xará. As palavras de Antônio Lobo são corretíssimas e que bom saber, alías nem é novidade, que compartilha delas. Um abraço

Fernanda disse...

Querido amigo Carlos,

Amanhã volto para te deixar uma resposta ao desafio.
Vou dormir sobre o assunto.

Pela primeira vez leio algo de Lobo Antunes que gosto.
Confesso que é um autor pelo qual tenho uma certa alergia.
Talvez tenha pegado nos livros errados dele.
Lembro-me de tentar ler As Naus, várias vezes, e não conseguir.

Beijinhos


Na Casa do Rau