quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

2011

Vestido de capicua, aí vem ele, o ano 11. Diz-se que ao número, que também é primo, se atribui boa sorte. Nem sempre o ditado acerta. Será o caso deste Novo Ano, que má sorte para muitos (sempre os mesmos, e mais alguns) trará. Para outros (sempre os mesmos) não. Mas, creio que 2011 poderá ser, também, o ano da recuperação de oportunidades perdidas.
A oportunidade de não nos acomodarmos, mas de nos alarmarmos. A oportunidade de rompermos com o conformismo. A oportunidade de soprarmos o mar, levantando-o em ondas alterosas, nelas afogando a da apatia.
Anda por aí muita gente a brincar à caridade. Nada tenho contra a caridade, rejeito, contudo, de todo, a hipocrisia que a envolve. Por outro lado, penso que a caridade disfarça apenas o instante (muitas vezes importante, eu sei), e por aí se fica. É preciso ir mais longe, estender o gesto solidário e fraterno aos que entendem dever ser o Estado em que vivemos uma pessoa de bem que garanta o apoio social a quem dele precisa, seja no combate à pobreza, como no garante da saúde, da educação, da justiça e na procura da criação de emprego. Que queiram estreitar, cada vez mais, o arco das desigualdades. E, enquanto desprotegidos houver, que o Estado, que quero social, lhes estenda a mão amiga.
2011 será ano de eleições. Das presidenciais, em Janeiro e, provavelmente, meses depois, das legislativas.
Abre-se nova oportunidade de não ficarmos pelo pensamento zero, de não nos acomodarmos. De romper!
Temo, porém, que o povo que somos tenha deixado de ser temerário, e prefira caminhar sobre o lodo a fazer-se às águas alterosas.
Desejo a todos um Novo Ano com tudo de bom. Quanto mais não seja com paz, harmonia e amor. E em família.
Um abraço.

25 comentários:

São disse...

A caridade é uma boa coisa. Mas será muito melhor se não for utilizada para manter o status quo!

E a situação actual já me começa a fazer recordar que, nos tempos da ditadura, enquanto os ministros esmagavam todos os nossos direitos, as suas esposas e filhas andavam nos bairros de lata e de miséria distribuindo latas de sardinha!

E eu recuso-me a voltar a esses tenebrosos dias!!!

Um bom 2011

folha seca disse...

Caro Carlos Albuquerque
Queria sublinhar por baixo o seu excelente e cheio de conteudo texto e desejar-lhe um bom 2001

Abraço

Fê-blue bird disse...

Meu amigo:
Também eu o felicito por mais um excelente e oportuno texto.
Agradeço e retribuo o desejo de um
BOM ANO DE 2011.

Beijinhos e até lá!

palavrasasolta disse...

Como se costuma dizer: não dês um peixe a um homem faminto, ensina-o a pescar.
Mas isso também vale para o mesmo homem: não pode continuar à espera que lhe dêem o peixe e tem lutar contra a acomodação. Ele e todos nós.
E quem diz homem diz mulher, velho e novo, e tudo o mais.
Que 2011 seja o ano em que todos nós desistamos de ser acomodistas, que resolvamos acabar com a manha de certa gente que utiliza a "caridade" para parecer bem.
Vamos mostrar que o povo português não precisa de caridade. Que não aceita mais vendas nos olhos e que pode bem tomar as rédeas ao seu próprio país.
Para que se possa escrever português com "P".
Feliz 2011

Kimbanda disse...

Será que este povo que ultimamente só se manifesta nos estádios de futebol e no sofá em frente ao televisor, se levanta contrariando o que já interiorizou como impossível mudar?
O cenário que prevejo, é de gente que se acomodou à espera que alguém resolva por si, o que todos por obrigação deveriam ser intervenientes.

Para o Carlos e para os seus, deixo expresso o desejo de um novo ano, com muita saúde, tranquilidade e o tempo útil para nos continuar a brindar com seus excelentes textos.

Kandandos.

Maria João disse...

Carlos

Que assim seja, meu amigo. Mais um ano de oportunidades ( sempre o é) e que nenhuma delas se desperdice. É mais que tempo de arregaçar mangas e deixarmo-nos de lamentos apenas!
Podemos não poder mudar o mundo, mas podemos mudar o que está ao nosso alcance e isso é sempre tanto!

Um beijinho muito grande, grata pelos votos que retribuo, desejando-lhe mais do que qualquer outra coisa... muita, mas muita saúde!

Sua amiga

acácia rubra disse...

Um Bom Ano com saúde, alegria e bons textos para lermos.

Beijo

Rosa Carioca disse...

Que assim seja! Um 2011 repleto de sabedoria, saúde e alegrias.

maria teresa disse...

Que os seus desejos se tornem uma realidade...
Abracinho meu!

AVOGI disse...

Posto isto só desejo BOA ENTRADAS NO ANO NOVO QUE O VELHO JÁ NAO SE ESPERA NADA
kis :=)

Sonhadora disse...

Meu querido amigo
Que 2011 seja repleto de amor e muita paz, são os meus votos.

beijo
Sonhadora

Rogério Pereira disse...

Temo, meu caro
Que se está lançado engodo
para o povo permanecer no lodo...

Que o novo ano
lhe traga algo de novo
a si
a mim
e ao povo

(apareça por lá, para beber um copo...)

Sandra disse...

DESEJO A VC UM LINDO E FELIZ ANO NOVO.
QUERO BRINDAR CONTIDO NOSSA AMIZADE, PARA O PROXIMO ANO.QUE SEJA REPLETA DE ALEGRIA.
QUE O ANO NOVO SEJA REPLETO DE ALEGRIA, SAUDE, ESPERANCA, SUCESSO, TERNURA, REALIZACAO.
QUE TODOS OS NOSSOS SONHOS SE TORNEM REALIDADES..
BRINDAMOS COM MUITO CARINHO O ANO NOVO QUE ESTA QUASE INICIANDO.
QUE NO PROXIMO ANO POSSAMOS ESTAR SEMPRE ASSIM, BEM JUNTINHO E COMPARTILHANDO FORTES EMOCOES...CARINHOS E AFETOS..
UM BEIJO FORTE NO SEU CORACAO E UM GRANDE ABRACO..
SEJA FELIZ. DESEJO TODA A FELICIDADE DO MUNDO PARA VOCE...
PECO DESCULPA PELA CONFIGURACAO DO PC. MAS O MAIS IMPORTANTE O QUE POSSAMOS TRANSMITIR COM O CORACAO, AMOR...TRABALHO...ALEGRIA..
COMPREENSAO..PAZ, E MUITO EMUITO MAIS..


FELIZ ANO NOVOOOOOOOO!!!!!!
QUE 2011 SEJA MUITO MAIS QUE O ANO QUE ESTA SE FINDANDO.
CARINHOSAMENTE
SANDRA

FMF disse...

Por vezes interrogo-me porque é que o povo deixou de ser temerário...


DESEJO UM BOM ANO PARA TODOS NÓS.

MARIINHA disse...

Olá Carlos,

Passei para lhe desejar a si e a todos os que ama, um ANO NOVO MUITO FELIZ.
Que apesar de tudo o que se está à espera, não seja um ano muito mau para todos nós. Eu tenho essa esperança. Um abraço

Filoxera disse...

Concordo. Temos de fazer por que mude.
Talvez uma mudança contínua viesse um dia a desembocar na não necessidade de caridade. Esta é a forma de lavar as mãos pontualmente. Muitas vezes levada supostamente a cabo por empresas para ampliarem a imagem de responsabilidade social, à conta dos seus trabalhadores na maioria das vezes.
Inspiremos fundo. Acreditemos na nossa capacidade. Não temamos o desconhecido.
Um forte ano de 2011 com oq ue mais prezar, é o que desejo para si e para os seus.
Beijinhos.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Que ele venha, amigo Carlos. Estamos sempre prontos, não é? Um abração,obrigado pela presença em 2010. FELIZ ANO NOVO!

Graça Pereira disse...

Meu Amigo
Heróis do mar, nobre Povo...acho que foi num passado muito distante, mas mesmo muito distante!
Se Luis de Camões e outros valorosos que se foram libertando da lei da morte pelos feitos, voltassem a este"jardim" á beira mar plantado, diriam: Não, não são os nossos descendentes...estes são anões!!!
Contudo e por vezes, o que é mal vaticinado, surpreende-nos pela positiva... Que estejamos todos enganados e o novo Ano torne alguns sonhos realizados!
Nós, como "retornados" não tem conta as crises e lutas por que passamos...saberemos, mais uma vez começar da estaca zero, com ajuda de Deus, se fôr caso disso...
Que no final de 2011 possamos os dois rir de todos os nossos temores...
Feliz Ano novo!
Beijos
Graça

Catsone disse...

Carlos, se tiver "votos" nesta matéria que sejam de paz, saúde e outras coisas boas e para as quais o Sócas ainda não "impostou".
Bom 2011.
Abraços.

zeparafuso disse...

Bom Ano Carlos. Saude, dinheiro e amor.É frase feita, mas é o meu desejo.
Abraço

heli disse...

Carlos.
Que venha o Novo Ano, com muita paz e muitas alegrias.As tristezas a gente deixa de lado(rs).
Seu texto está fantástico.
beijos
heli

o mar e a brisa do prazer de aprender disse...

feliz 2011, desejo paz, amor, carinho, saúde e muita criatividade . Bjs

Amapola disse...

FELIZ 2011!!!

BEIJOS NO CORAÇÃO.

manuel aldeias disse...

Há que mudar mentalidades, é facil vivermos acomodados, nao podemos continuar eternamente à espera que sejam só os outros a contribuir para a mudança.
Um prospero e feliz Ano Novo para todos os leitores

joaquimdocarmo disse...

Caro amigo.
Votos sinceros de um FELIZ ANO NOVO!
Abraço