segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Carnaval

Diz o aforismo que no Carnaval ninguém leva a mal.
Não é, no momento porque passamos, o meu caso.
Estou com as entranhas num turbilhão.
Ouvi, na TV, o Professor Marcelo Rebelo de Sousa chamar mentiroso ao PM José Sócrates. Mentiu, ponto final! Disse ele. Fiquei estupefacto! Embora saiba que Rebelo de Sousa descende dum dos últimos sultões do império colonial, nunca o imaginei a dizer tal. Faltaram-lhe a elegância, a lucidez e o bom-senso com que me habituei a vê-lo e a ouvi-lo, concordando ou não com ele.
Vinte e quatro horas depois, o jornalista Mário Crespo, que diz ter tido uma noticia, travestida de crónica, censurada no Jornal de Noticias, e acrescenta estar a liberdade de expressão em perigo neste Portugal que o acolheu, usou de toda a liberdade da Democracia, bem que só entre nós conheceu, para levar a estúdio, em directo, no Jornal das 9 que apresenta na SIC-N, um filósofo de nome José Gil. Filosoficamente, Gil, que editou recentemente o livro "Portugal, Hoje-o medo de existir", alinhou com Crespo. Saiu-se com uma tirada de grande pensador. Mais ou menos isto, citando de cor: Ainda agora um comentador, que também é político, disse que o PM mente, sem qualquer contestação por parte deste. Faltou-lhe explicar de que área política era o comentador/político. Um lapso de memória qualquer um tem, dir-me-ão. Pois! Já me tinham dito!
Não sou socratiano (muito me afasta das suas opções políticas), nem o meu voto é refém de qualquer partido. Exerço-o, livremente, em cada acto eleitoral para que sou convocado. Mas não posso aceitar o que vi e ouvi.
Por prescrição médica tomo Omeprazol para defesa do estômago na árdua tarefa da digestão. Hoje acrescentei um bem-u-ron, para me livrar das dores. Nada feito! Continuo com as entranhas num turbilhão.
Estamos no Carnaval, eu sei. Por isso me ocorre dizer que tudo isto não passa de uma palhaçada travestida. Esforço inglório me parece será o meu, se pedir aos políticos (incluindo os mascarados de comentadores), e aos jornalistas, mesmo aos que se preparam para deixarem de o ser, bom-senso e clarividência. Mas peço!
Melhor do que os fármacos é hoje chamar Fernando Tordo (música)e o inesquecível Ary dos Santos (letra).
TOURADA

18 comentários:

Malu disse...

Oh! Meu querido, a política tem me causado tantas gasturas que nem Omeprazol resolve.
As esferas municipais desta cidadezinha onde moro está prestes a explodir de tanta corrupção e mentiras, mas mesmo assim mantenho o bom senso que às vezes teima em falhar... principalmente em épocas de Carnaval.

Mas digo-te, quanto a possibilidade que lá deixaste, que - tudo o que queremos com a alma o Universo conspira a nosso favor... pensou que coisa bela ter a ti, a Gracita, Maria Elisa e tantos outros num livro nosso?
Seria um sonho...
Vamos fazer saber comopode isto acontecer.

Penso daqui e tu pensas daí...

Beijinhos em teu coração e cuida do estômago que político algum vai fazê-lo por ti... :-))))

Ricardo Calmon disse...

VERDAD CARLOS ALBUQUERQUE ,ESCRIBA AMADO E POETA DO SEM FIM VIVER,NUESTRO!
DA VIDA ESCRIBA ÉS ,POIS ESCREVES O QUE SENTES E ÉS!
PURA VIDA ÉS TU AMICO MIO!
YESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
VIVER NOSSO PURA MAGIA É!
VIVA LA VIDA!,HUGSSSSSSSSSSSSSSSS

maria teresa disse...

Nem sei o que dizer... apetece-me praguejar mas fui educada a não o fazer, sinto uma grande desilusão por tudo o que se está a passa. Confunde-me a falta de discernimento de pessoas que até são (serão) inteligentes. Quem me dera estar em Março de 62, quando a esperança era tanta..., quando a juventude estava unida nas lutas académicas.
Abracinho

Austeriana disse...

Subscrevo sem hesitação. Também não me revejo na forma socrática de governar, mas o descaramento do insulto ultrapassou largamente as marcas. A autoridade moral e ética de MRS para tecer comentários sobre o carácter do primeiro ministro(e de muitos outros) é nenhuma.
O outro problema é que tudo se parece resumir a checklists de audiências...
Abraço.

quicas disse...

... é uma "tourada" - salvaguardadas as devidas distâncias - e, concordo, grave falta de bom senso!

Um abraço!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Vou pedir ao meu médico que me receite esse medicamento, Carlos. Quando ouvi o Marcelo ainda fiquei pior do que já estava, depois da histeria que se apoderou de uns miúdos que dizem que em Portugal não há liberdade de expressão.
Creio que Marcelo disse aquilo como provocação. À esspera de uma reacção de Sócrates que o pudesse armar-se em vítima. Isto está a passar das marcas. Ao contrário do que diz a catraiada, o que está em perigo não é a liberdade de xpressão,mas sim a democracia.
PS- enviei-lhe o que me pediu por mail
Abraço

Rosa Carioca disse...

O reflexo da falta de respeito a quem também não se dá ao respeito. Mau sinal! Qual será a próxima cena? (sinto grande tristeza)

Sofá Amarelo disse...

Salva-se nisto tudo o meu grande amigo Fernando Tordo porque... para as palhaçadas a que nos querem submeter já eu estou também farto! E estarão fartos também os senhores da Europa que devem estar sem paciência para a tourada que é a politiquice à portuguesa!

Quero ver no Governo aqueles que criticam o actual - não que goste de um ou de outro, para mim é igual, o que me preocupa é a imagem que passa para o exterior. Como costumo dizer, nem o facto de Portugal vir a ser campeão do mundo de futebol poderá salvar as contas externas de um país que podia ser um paraíso e não é mais que trapezista trapezando sem rede.

Gostava de saber o que tem feito esse senhor que comenta tudo e todos pelo país!!! Menos palavras e mais actos, é o meu lema!!!

ematejoca disse...

““Paulo Rangel mentiu descaradamente no Parlamento Europeu. Pode um homem que mente assim chegar a primeiro-ministro? Pode. Mas talvez tenhamos que o fazer passar, regularmente, por um detector de mentiras.”

Paulo Ferreira, "Jornal de Notícias", 16.02.2010

Todos se acusam uns aos outros de mentir... e talvez haja uma pontinha de verdade!

Sandra disse...

Ola meu amigo, quanto tempo??
Agora que está passando o carnaval eu venho..

Vim lhe convidar para viajar comigo...Vamos viajar..
Está na hora do voo..
Local da saida: Curiosa
Endereço: Através do link.(AQUI)
Destino:Concurso de Poesia-Portugal.
Não se atrase...
Ficarei muito feliz com a sua companhia...Faremos uma linda Viagem..
Carinhosamente
Sandra

Maria João disse...

Carlos

Nem a acredibilidade é coisa que abunda, nem a honra e o respeito, fazem já parte do leme de vida que outrora semearam nas nossas consciências. Porque já nem sei muito bem em quem acredite, fico-me pelos meus valores que ainda preservo e é com eles que me indigno na apreciação que faço de tudo isto.

Um abraço

Fernanda disse...

Amigo Carlos,

Carnaval e Tourada, perfeita analogia para toda esta balbúrdia que vivemos.

Já não há respeito por ninguém. Os nossos políticos estão a tirar um Curso muito apurado com o Alberto João Jardim.
Esta palhaçada total só não é hilariante por ser verdadeira!!!

Amigo, tomei muito Pantoc e Omeprazol, há antecedentes na família... fiz segunda feira, dia 15, mais uma endoscopia e está tudo normal, felizmente.
Mas realmente é preciso um estômago de ferro para resistir a tanta pouca vergonha.

Beijinhos

Clecilene Carvalho disse...

Bom dia!
Hoje venho para trazer-lhe um presente especial, assim como você.

Espero que aceite, pois é de coração. Dê um a passadinha no meu blog para pegá-lo.
Beijos.

ParadoXos disse...

caos lamentável, sem a mínima dúvida!!


abraços

Agulheta disse...

Amigo Carlos. Sempre me delicio a ler os textos aqui escritos.Eu vi o professor a dizer e toda a gente que vê o ouviu,agora penso que convem uma força,para ajudar a questão,muito jogo de cintura e política a mistura neste carnaval do leva e trás.Ainda a pouco estive a ver em directo na RTN da assembleia,o triste espetáculo, se engasgavam e nada dizia no fundo palpavel,sempre interesses.Depois quando entrou o Crespo! fez um cenário ao destribuir fotocópias,mais parecia uma peça de teatro encenada,falou falou,e fiquei a perceber o mesmo! Valeu para fazer propraganda ao livro dele,pessoas assim,para se auto promoverem...obrigado.Depois se diz tanta coisa,mas o verdadeiro povo que trabalha e dá no duro,nada percebeu.Não sei se me fiz entender! Desta tourada,que me perdoe o Tordo,porque adoro as suas canções,mas que deixem de lado a mentira e ganhem nas urnas e não na secretaria,eleições.
Beijinho e gostei da escrita. Lisa

Catsone disse...

Carlos, neste país o que não falta são opinadores. Opinam sobre tudo e têm espaço para o fazer. O que se tem dito e feito nos últimos dias faz com que as atenções estejam voltadas para esses quiproquós sem interesse. O Sócrates e seus amigos devem rir-se à brava com estes pequenos casos.
Abraço.

Manuela Freitas disse...

Realmente isto parece uma tourada!?...A perda de valores éticos é lamentável!...O MRS está convencido que é um super sumo de sapiência, quanto a Sócrates, já nem sei se ele mente ou se diz a verdade...
Um abraço,
manuela

AFRICA EM POESIA disse...

Andei a distribuir sorrisos e passei por aqui para te deixar um beijinho




SORRISO LINDO


Sorriso lindo...
Sorriso belo...
É alegria dos grandes...
É o sorriso dos meninos...
Que são netos...
É o sorriso...
Dos que seguem...
O seu caminho...
E têm o sorriso...
Mais lindo...
Do mundo!...

LILI LARANJO