quarta-feira, 30 de setembro de 2009

A comunicação do PR


O PR falou!


Desta vez, isto é só um supor, os seus assessores não o devem ter aconselhado a falar, mas nada dizer (Clube dos Jornalistas, lembram-se?). Disse nunca se ter referido a escutas (então não há escutas nem espionagem sobre Belém, nem nunca houve!?). Quem inventou a novela? O PR não esclareceu mas cá para mim fiquei com “sérias dúvidas”. Foi, ou não, um seu assessor? Se foi devia tê-lo dito e desautorizado o dito. Qual era o problema? Não diz o anexim que no melhor pano cai a nódoa? Se não foi porque é que o afastou das lides com a comunicação social, mantendo-o ao serviço na Casa Civil? “Para que não restassem dúvidas na opinião pública”. Ó Senhor PR, as dúvidas são agora maiores. A mim cheira-me muito a gato escondido com o rabo de fora…
A propósito do tal e-mail que o Diário de Noticias publicou, e que nunca foi desmentido, disse o Senhor PR que aquilo era manipulação para o encostar não sei aonde ou a quem. Ó Senhor PR, se a Dona Maria o ouviu não deve ter gostado nada da conversa!
Dois deputados do partido do Governo disseram no Verão, quando o Senhor PR estava de férias, não em justo e merecido repouso, mas analisar leis para promulgação (esforço a que a Pátria foi sensível) que o PR devia explicar aquela cena de gente da sua Casa Civil ter ajudado na elaboração do programa eleitoral do PSD. Mentira! disse o PR, ultimato, manipulação é o que é! Ó Senhor PR, a gente já sabia daquilo, revelou-o um jornal e também (!!!) o site do partido da senhora que queria ser Primeira-Ministra! Mentiu o jornal, mentiu o site e os deputados aldrabaram! Só o Senhor PR é detentor da verdade! Com todo o respeito, Senhor PR, não acha que deveria ter sido mais comedido? Quer-me parecer que vai ter que reeducar mais dois ou três assessores!
Disse o Senhor PR que não se deixa manipular nem cede a pressões! Também já sabíamos. Não é preciso ir muito longe, basta lembrarmo-nos da aprovação da nacionalização do BPN (célere como nunca!), da intervenção no caso TVI, etc.
Uma coisa me preocupou: a história de ontem ter descoberto a vulnerabilidade dos computadores! Só ontem!? Obama (aquele Senhor negro que é Presidente dos Estados Unidos), o Kremlin, os bancos de todo o mundo, e até eu que tenho este pequenote PC onde estou a escrever, para não falar de outros, já o sabíamos.
Fico triste por o PR de Portugal só ontem o ter descoberto. Por este andar há mais uma mão cheia de assessores que vai para reciclagem. O Senhor PR corre o risco de ficar só, o que é pena, a solidão não faz bem a ninguém, a não ser quando desejada…
Com a sua declaração, o Senhor PR pôs as instituições de sobrolho franzido (o que é pouco saudável), abriu guerra ao partido do Governo. Escaqueirou a louça toda. Quem vai agora apanhar os cacos?
Será que o Senhor PR está a preparar-nos (ia dizer manipular-nos, mas não digo!) para a não indigitação de José Sócrates para a formação de Governo? Se está, acho que não deve ir por aí. Sócrates que forme Governo, o Senhor PR que o aprove e o lance às feras na Assembleia da República. Se Sócrates não conseguir pedalar a bicicleta, então que venha outro. A Democracia tem disto e eu gosto dela, enquanto se nos escaparem o engenho e a arte para criarmos algo melhor.


10 comentários:

Agulheta disse...

Amigo Carlos!Olhe meu amigo eu não ouvi ele a falar,vim tarde da missão para onde foi,muito dolorosa.
Subescrevo as palavras que aqui escreveu,e sabe chego a conclusão que ficamos como dantes? gosto da música,Vinicius e Toquinho,dois senhores.
Agradeço as palavras no blog.
Beijinho Lisa

Austeriana disse...

Não costumo apreciar o estilo desbocado de Ana Gomes mas, desta vez, os comentários dela foram certeiros.
Ana Gomes diz que ficou encavacada; e declara que temos que ser condescendentes com o PR - ele vive noutro mundo!
Abraço.

Carlos Albuquerque disse...

Agulheta,
Como dantes? Acho que ficamos pior
Beijinho

Carlos Albuquerque disse...

Austeriana,
Conheço, de raspão, a Ana Gomes. Se ficou encavacada, tem que desencavacar-se!
Condescendentes com o PR - ele vive noutro mundo!
Então, mas ele não é o Presidente deste mundo em que a gente está? Ou isto é assim a modos que a fingir?
Na, para esse peditório não dou.
Abraço

José disse...

Carlos tal e qual como eu ontem disse o homem só ia dizer aquilo que lhe convinha,e mesmo isso ele não consigui dizer, talvez por ser um bocado fanhoso, ou por ser um presidente imcompetente. pobre do país que tem um homem como aquele
Presidente de acalmar as coisas jogou mais uma achas para a fogueira.

abraço

Carlos Albuquerque disse...

José,
Tal e qual!
abraço

Sofá Amarelo disse...

Pensei que estava na idade de usar um daqueles aparelhos para os ouvidos... mas depois, felizmente, percebi que o Presidente não falou, ufa! Foi um alívio... quer dizer, falou mas eu não percebi nada... será Alzheimer?

Carlos Albuquerque disse...

Sofá Amarelo,
Não há prótese auditiva que valha...
Aquilo não tem conserto!
Um abraço

elvira carvalho disse...

Lembrou-me um anúncio dos gatos há muito tempo. Que era mais ou menos assim, "e depois eles falam falam e não dizem nada. Fiquei chateado claro que fiquei"
Foi o caso desta comunicação do Presidente. Falou, falou e não disse nada.
Que os computadores são vulneráveis?
Verdade? E os portugueses não sabem isso? Claro, compram antivírus, usam firewalls só para enfeitarem os pcs.
Um abraço

Carlos Albuquerque disse...

Elvira,
Visão sintética, objectiva, lúcida!
Um abraço