domingo, 6 de setembro de 2009

Blogagem colectiva


Este post, aberto a comentários como todos os outros, destina-se, em particular, a uma blogagem colectiva aqui.
Mote – Porque criei o blog.
Para poder despir-me!

(As palavras são como os pássaros, umas falam e cantam, outras só piam. As primeiras também guardam sonhos – Carlos Albuquerque)





De conversa com uma neta

Já te deste conta, certamente, de que as pessoas são como as palavras, ou estas como aquelas, como se quiser.
Fiquemos com as palavras, sobretudo com as que falam pouco e bem, pois essas são alguém, e a liberdade de imaginarmos o que elas poderão dizer sobre as pessoas.
Há as que se nos vão chegando, umas sem nada para dizer, não se percebendo porque se intrometem; outras receosas, mas trazendo algo com elas; outras ainda afoitas espalhafatosas, inócuas, que só gostam de se ouvir a si próprias, dessas que, por pouco ou nada servirem, leva-as o vento, como diz o aforismo. Chegam todas sem que as chamemos. Não te precipites a julgá-las, sejam quais forem. Sê paciente no labor de as entender, mesmo às que passam com as brisas, ou às que, sem esforço, o sono esbate. A paciência resulta melhor do que a força e acaba por ser um acto de s
abedoria. Despreza, contudo, as que merecerem ser afastadas, Detém-te nas receosas e lá encontrarás, por entre outras, uma que começa sempre tímida e inquieta, mas que, passo a passo, se vai agigantando até se tornar numa palavra grande, tão grande que nela cabe o mundo. AMIGO, assim se chama ela.

22 comentários:

Sandra disse...

MEU QUERIDO AMIGO.
ESTA FRASE QUE VC. ESCREVEU, DIZ TUDO:
"á te deste conta, certamente, de que as pessoas são como as palavras, ou estas como aquelas, como se quiser".
o TEXTO FICOU LINDO.
Fiz o lik, para qu no dia 10.09.todos possam estar vindo aqui e conferir, bem como compartilhar desse momento.
Infelizmente, não temo eu levar todos os temas para postar no blog.
Seria uma postagem enorme.
Então o melhor caminho é fazer o link. Ondes todos compartilham este momento.

Mas, sabe que no fundo, do meu coração tenho vontade de postar todos.Vou pensar e ver depois. Quem sabe??
Ficará a doce lembrança desse dis.
Muito obrigada por enquanto.
Sandra

O mar me encanta completamente... disse...

OláCarlos.
Passeando pelos blogs amigos,
encontrei o seu.
Gostei do seu cantinho.
Temas fortes, precisos,
e altamente reflexivos.
Parabéns.

Beijinho

Glória Salles

Tomei a liberdade de juntar-me aos
seus seguidores, para acompanha-lo
mais de perto.
Caso queira, junte-se aos meus, ficarei honrada.

Filoxera disse...

Estou aqui! Só tive de me ausentar um pouco...
Este texto é fabuloso! Parabéns!
Um beijinho.

Agulheta disse...

Olá Carlos. Agradeço a visita feita,espero que venha sempre que assim desejar,a porta é modesta está sempre aberta a quem vem por bem e gosta de partilhar a palavra,amigo e amizade,actualmente à palavras que vão ficando gastas,pelos que fala o que só olham para si,e não olham para o lado.Deste lado fica o abraço amigo e boa semana.
Lisa

Marta disse...

E encontra-se magia, encanto, companhia nessas palavras que parecem timídas, mas são, como diz, gigantes..
Obrigada por participar...
Nunca é tarde para deixar palavras tão suaves e que falam ao coração.
O blog celebra hoje 5 anos e é um prazer ter a sua companhia para o chá.
Beijos e abraços
Marta

Maria disse...

A paciência é sempre um acto de sabedoria. Adorei este texto.

:)

tulipa disse...

Olá Carlos.
Começo por agradecer a sua visita e...fiquei estupefacta com o seu palpite sobre o meu destino de férias...
e mais não digo.

Já agora, posso saber como chegou a essa resposta?
Estou curiosa...

Vamos lá a ver...se em breve, trago histórias e imagens de Vaiamonte - Quinta dos Amarelos!

Quero-lhe dizer também que adorei este texto, está fantástico.
Abraços.

Sofá Amarelo disse...

Palavra cada vez mais rara por isso quando a encontramos devemos guardá-la como um tesouro muito precioso... amigos há muitos, AMIGOS há poucos, muito poucos...

Um abraço!!!

elvira carvalho disse...

Excelente texto.
Vim agradecer a visita ao Sexta e conhecer o seu cantinho e no fundo também conhecê-lo um pouco, muito embora a apresentação que de si fez, me pareceu a de um homem realizado e feliz com a sua família. O texto que me recebeu é muito bom. Ainda não tive tempo de ver mais mas vou de seguida.
Temos uma coisa em comum. Ambos temos uma neta chamada Mariana. A minha fez no dia 4, 7 meses e é a primeira, pois estivemos muitos anos sem conseguir ser pais. Casados há 40 anos o Pedro fez 29 em Junho e só este ano foi pai, pelo que somos marinheiros de primeira viagem no que toca ao estatuto de avós.
Um abraço e obrigada

Dulce disse...

Carlos

Vim, em nome do pessoal do Chega-junto, agradecer sua visita e aproveito para conhecer seu cantinho.
Gostei tanto que já aqui fiquei e vou colocar um link lá no meu "Em Prosa e Verso" para poder voltar mais vezes.
Muitissimo obrigada.
Um abraço.

Dulce

Sininho disse...

é..., as palavras têm um poder infinito :)
cumprimentos da terra do nunca :) ;)

Luísa disse...

Carlos,
antes de mais,obrigada pela visita ao olhardeperto!
Volte sempre, será sempre benvindo!

Quanto à sua participação no blod da Sandra, devo dizer que apreciei letra a letra, palavra a palavra, frase a frase, parágrafo a parágrafo!
É bonito ler a voz da alma quando expressamos o singnificado da amizade!
Parabéns pelo efeito final!Todos ganhamos com a sua leitura.
Beijinho terno!

sininho disse...

Tens um prémio a receber na 'Terra do Nunca', parabéns e apareçe ;)
bj

O mar me encanta completamente... disse...

Oi Carlos, agradecendo a gentil visita.
Perdoa a demora pra lhe responder,
mas fique a vontade para postar o poema que quiser.
Será uma honra.

Obrigada pelo carinho.

Bjo

(Carlos Soares) disse...

Caro xará,Carlos. Primeiro obrigado pela visita e pelas palavras.Também já me pus como seu seguidor,com prazer. Texto inteligente. Dizem que palavras são só palavras.Só se for pra quem não sabe usar. E você sabe com certeza.Um abraço e volte sempre

Susana disse...

Olá Carlos!

Gostei muito do seu texto. Com as palavras é possível descobrir as verdadeira alma das pessoas. Porque quem vê caras não vê corações.

Também estou a participar nesta blogagem com a aldeia da minha vida.
Abraço, Susana

disse...

Brilhante texto meu caro Carlos.
Adorei conhecer seu blog.
Parabéns!
Também estou nessa blogagem.
Beijos e beijos!

Sandra disse...

Viu como foi legal, participar desse momento. Muitas pessos, passaram por aqui para brindar com vc. amigo.
Fico muito feliz que tenha participado.
Vim brindar, hoje com vc. esta vitoria.
Amei tudo.
Este momento está sendo muito especial para mim.
Não tem nada que pague uma grande amizade.
Valeu Amigo.
Sandra

AFRICA EM POESIA disse...

VOU MELHORANDO

para ti um beijinho



A PROCURA

Eu vou caminhando…
Caminhando sem parar…
Caminhando sem olhar para trás.

O andar é longo e espaçado
Porque não quero voltar…

Quero ir – procurar a luz…
Luz que me indique
Um caminho melhor…
Do que o que eu vou percorrendo…

E procuro a verdade…
E caminho para ela…
E procuro a justiça…
E tento abraçá-la…
Mas vejo a fome…
A guerra… e a dor…
E continuo a caminhar…
E a procurar…
Na ânsia de encontrar…
Um mundo melhor!...


Lili Laranjo

José disse...

Olá Carlos
Obrigado pela visita e pelo o comentário que fez no meu blog.
gostei do seu blog, e este texto está uma maravilha.
hoje fui ao blog da sandra olhei olhei e não cheguei velo por lá.
Eu comi um bocadinho de bolo, bebi
um pouco de champanho, fiz um pezinho de dança, e depois fui-me embora.

Abraço

Mari Amorim disse...

Vim juntar me a vc para aplaudir esta festa.
Boas energias
bjus
Mari

MEUS PENSAMENTOS disse...

BOA NOITE VIM LHE VISITAR ATRAVÉS DA BLOGAGEM DA SANDRA ,BELO TEXTO SOBRE O VERDADEIRO AMIGO UM FORTE ABRAÇO!