quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Falar, falar, e nada dizer!

O Presidente da República esteve na entrega dos Prémios Gazeta de Jornalismo 2008. Como, por dever de ofício, falaria para jornalistas foi aconselhado pelos seus assessores a “falar, falar, mas não dizer nada”. Foi o próprio PR a revelar, pela televisão e não só, com o maior à vontade, este conselho!
Que assessores são aqueles? Que PR é este?
Fiquei pra morrer! E os jornalistas? Até agora, que se saiba, encolheram os ombros. Não admira! Muitos deles falam e falam, escrevem e escrevem, sem nada dizer, numa apagada e vil tristeza!

“Duas coisas são infinitas. O Universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao Universo, ainda não adquiri a certeza absoluta”.
(Albert Einstein)

3 comentários:

Sandra disse...

FICO MUITO FELIZ COM A SUA PRESENÇA NO BLOG.
ÉS UMA PESSOA MARAVILHOSA E AMADA.
MUITO OBRIGADA PELO CARINHO.
É SEMPRE UM PRAZER RECEBE-LA EM CASA.
ANDO MUITO OCUPADA. POR ESTA MOTIVO DIFICLTOU UM POUCO AS MINHAS VISITAS.
MAS MESMO ASSIM MORAS NO MEU CORAÇÃO.
UMA AMIZADE SINCERA NÃO SE ESQUECE.
VALEU. MIL ABRAÇOS.
SANDRA

Agulheta disse...

Amigo Carlos! Penso que esta conversas de "treta" deixou algo a desejar,ao menos podia mandar ir o conselheiro? quanto aos jornalistas presentes,eu dignifico o seu trabalho como tal sendo um bom jornalista, e não um (pau mandado) como foi o caso no dia dos prémios que muitos receberam penso...
Beijinho

Austeriana disse...

Este senhor é a personificação do bluff. Coloca aquele ar de quem vai proferir uma verdade de superior importância para a humanidade e.. sai uma alforreca. Convoca o país para uma declaração importantíssima e no final descobrimos que mai valia ter estado a ver um episódio do CSI. Na entrega dos prémios gazeta foi a mesma história. Colocou aquela pose de quem ia dizer uma piada de fino recorte literário e saiu uma amarelice de sorriso.
Agora, pelos vistos, também já não pode refugiar-se na imagem do "Mr. Seriousness", se se confirmar a teoria da conspiração publicada pelo DN.