quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Desafios

Partidas e chegadas...

O que faz você feliz?

Chamando-lhe brincadeira a Acácia Rubra convidou-me para este desafio. Convite aceite, resposta dada:

Entre partidas e chegadas sopram, por vezes, ventos desencontrados, horríveis. Terá sido, provavelmente, um desses ares agitados que fez das areias de Ogígia e dos braços e colo da bela nereida Calipso uma chegada para Ulisses. Chegada de que o mais sublime dos homens, como lhe chamou Eça, não gostou. Sete anos, para ele longos e vazios, partilhou, forçado, o leito da ninfa do mar dela recebendo um amor quase divino, um bastão de príncipe dos povos e a promessa de vida eterna. Nada o fez feliz. A tudo reagiu com uma indiferença persistente. Perdeu o fulgor. Enclausurou-se em si próprio, passando o tempo de olhar perdido na distância. Calipso não conseguiu arrebatar-lhe o coração.
Ulisses desejava uma outra partida para uma nova chegada. Assim aconteceu. Sete anos depois partiu de regresso a Ítaca para a chegada feliz, finalmente, aos braços da sua amada Penélope.
Entre as muitas chegadas e partidas porque passou, só a chegada ao amor o fez feliz!
Estou com Ulisses!
E as minhas amigas e amigos?

(Dizem as regras para copiar o selo e colocar o link do blogue desafiador. Já feito. Por fim passar o desafio a cinco blogues. Quebro a regra. Acho o desafio interessante. Assim, lanço-o a todos os que por aqui passarem. Vá, peguem nele e dêm largas à imaginação. Ah, outra regra, se aceitarem o desafio devem vir comunicar-mo. Valeu?)

13 comentários:

rosa dourada/ondina azul disse...

Gostei muito de ler este texto histórico-lendário!


Parabéns!!!


Beijo e bom fim-de-semana,

Fernanda disse...

Amigo Carlos!

Já fiz esta viagem.
Entre partidas e chegadas... fico presente no momento!

Beijo

Marota disse...

Obrigada pela sua visita no meu blog! Já é tarde, mais tarde passarei com mais tempo para bisbilhotar aqui no seu cantinho. Boa noite! Cumprimentos - Isabel

Carlos Albuquerque disse...

Uma palavra para Marota, por ser a primeira vez que aqui a vejo.
Obrigado pela sua presença.
Volte, venha bisbilhotar à vontade e diga de sua justiça, será sempre bem-vinda.
Abraço, Isabel

zeparafuso disse...

Bonito texto. Parabéns! Hei-de vir mais vezes.
BFS

Rogério Pereira disse...

Oh, meu amigo
depois de um texto assim,
deixe-se de tolices
Não é que logo se vê
estar eu como você?
Isto é,estou com Ulisses...

(claro que vou aceitar o desafio e as regras...)

Abraço

Rogério Pereira disse...

Já está
Passe por lá

Abraço

Marilu disse...

Querido amigo, lindo texto de chegadas e partidas, também entrei nesse desafio. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Luis disse...

Amigo Carlos Albuquerque,
Agora que cheguei deparei com este seu post que achei muito interessante e quase a propósito!
Também eu gostei de ter regressado ao vosso convivio de que estava arredado há longo tempo. As Saudades já eram muitas...
Um forte e amigo abraço.

Catsone disse...

Carlos, nesta era de matéria e de sinal "+" o amor tem andado arredado dos desejos das pessoas. No meu caso também estou com Ulisses... cada vez mais, não levo outra coisa deste mundo.

Abraço.

orvalho do ceu disse...

Olá, Carlos
Interessante como deu enredo à blogagem que também participei...
Fico com o melhor do melhor,se me é possível... A Graça vem em nosso auxílio.
Abraços fraternos e votos de paz.

Gersika disse...

Muito bom o texto. Apareça no meu blog quando puder e me diaga o que vc acha tmb. Abraço!

Malu disse...

Levarei e contarei o que me faz feliz entre as chegadas e partidas.
Gosto de desafios e brincadeiras.
Um abraço, Carlos