terça-feira, 5 de outubro de 2010

Fotomaton

A República apaga as velinhas do bolo.
O tempo pôs-se a caminho. São cem, os anos percorridos…

“A globalização é um totalitarismo. Totalitarismo que não precisa nem de camisas verdes, nem castanhas, nem suásticas. São os ricos que governam e os pobres vivem como podem.”
(José Saramago)
“Aos ricos, o favor da lei, aos pobres, o rigor da lei.”
(José Saramago)

Retrato do meu país, em fotomaton, tirado hoje depois das cerimónias do centenário da República:

Políticos incapazes e um povo indiferente…

(Para que não haja mal entendidos, ou quaisquer distorções – SOU REPUBLICANO)

13 comentários:

acácia rubra disse...

E o que dói mais é a indiferença do povo...sem coluna vertebral.

Beijo

Carla Farinazzi disse...

Albuquerque, aqui no Brasil também se vê esse retrato: "Políticos incapazes e um povo indiferente".

Abraço

Carla

São disse...

A propósito da primeira citação do meu apreciado Saramago, digo que estou lendo "A AScensão do Quarto Reich" de Jim Marrs e lerei "Os Donos De Portugal".

Viva a República..apesar dos pesares!

Marilu disse...

Querido amigo, muda somente o país, mas as desigualdades são sempre as mesmas. Aos ricos nunca existe punição aos pobres a cadeia, muitas vezes sem julgamento. Beijocas

Rogério Pereira disse...

Meu Caro, cá estou.
Quando não são palavras suas, são suas as palavras citadas. Lembrar Saramago é um gesto bem repúblicano. Na minha opinião é esta República que deveria aclarar o seu republicanismo...

Abraço

Maria João disse...

A depressão colectiva do povo, há muito se instalou. Os governantes sabem isso, mas isso, que lhes importa.
Venham mais cem anos e o povo, do bolo, continuará a não ver mais senão migalhas.

( Também sou Republicana!)

Beijinho, Carlos

Agulheta disse...

Amigo Carlos.Que bem Saramago distinguiu o problema da globalização! pois os "pobres vivem como podem"eles levam tudo e não deixam nada.Por aqui também se é Republicano.
Boa semana.Beijinho

La Preciosa disse...

Fico feliz que você esteja de volta. Um grande abraço da amiga brasileira.

M.

La Preciosa disse...

Fico feliz que você esteja de volta. Um grande abraço da amiga brasileira.

M.

maria teresa disse...

O que me preocupa grandemente é a indiferença das grandes maiorias.
Não sabemos lutar contra a injustiça, a corrupção, a mentira,...Há coisas que têm que partir de cada um de nós, não se pode ficar à espera que tudo nos caia no regaço.
O tempo do "milagre das rosas" já passou há muito...
Abracinho

TERESA SANTOS disse...

Mwata,
Referes duas realidades que podem tornar-se explosivas(?).
Políticos incapazes e povo QUE PODE deixar esse estado de indiferença.
Então?...
Abraço.

rosa-branca disse...

Amigo Carlos, continuaremos a ser os bobos da republica... o pobre mais pobre e o rico a ganhar com isso. Beijos

Catsone disse...

Carlos, esta República está a precisar de sangue novo e de um povo que mereça mais do que actualmente tem.
Creio, devida à alguma desesperança, que estamos a precisar de um nosso "grito do Ypiranga", alguém ou alguns que faça um facelift à esta República para que rejuvenesça, deixar de se arrastar e acompanhe as outras...

Abraço.