terça-feira, 1 de março de 2011

Libia

Armas de destruição massiva!?
A Europa diz-me muito preocupada…:

"Obviamente que esse assunto causa grande preocupação, para além de tudo o resto relacionado com a situação na Líbia, mas é preciso não esquecer que quando falamos de armas de destruição massiva, essa não é uma responsabilidade única da Europa, há outras organizações internacionais com competências mais adequadas para tratar do assunto, mas sim é uma situação muito preocupante".

Palavras da porta-voz da representante da União Europeia para a Política Externa, Maja Kocijancic, em declarações à Antena 1.


Onde é que eu já ouvi isto?
Cheira-me a esturro…!



9 comentários:

Helena disse...

Ora nem mais.
O que me espanta é ver tão pouca gente a colocar-se essa questão.

TERESA SANTOS disse...

Meu Mwata,

Parece-me que já perdi o olfacto!

Beijinho grande.

Filoxera disse...

Também digo...
Beijinhos.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu já andava admirado por ainda ninguém se ter lembrado disso. Talvez se metam noutro atoleiro, com esta mania das exportações de democracias.

São disse...

E depois há ainda quem afirme que a História não se repete!!

Até onde vai o cinismo e a hipocrisia dos paises ditos democráticos?!

Saudações

folha seca disse...

Caro Carlos Albuquerque
Só vi aqui para dizer que o cheiro a esturro está a aumentar.
Os fabricantes de armas estão com os stocks a abarrotar e mercadoria que não roda, dá prejuizo.
Vamos ver quantos inocentes vão pagar com a vida...
Abraço

Fê-blue bird disse...

meu amigo:
Sabe o que me apetece escrever:

"Vira o disco e toca o mesmo!"

Beijos

FMF disse...

Cheirar, cheira e muito. Independentemente de tudo, lá está a velha Europa a dizer que não é nada com ela. Alguém que faça o trabalho no terreno (investigue) que os europeus estão cá para o blá, blá.

Rogério Pereira disse...

Por detrás do cheiro
há sempre aquilo que o deita
(e a pituitária raramente se distrai
de odores e... horrores)