domingo, 19 de fevereiro de 2012

Desafio


Em comentário ao meu post anterior, a Teresa do ematejoca azul escreveu:

“O título do meu post de hoje, é uma espécie de resposta a este seu profundo texto, meu caro amigo.
Qual dos dois domingos é o mais profano, o religioso ou o carnavalesco?
Aceito respostas!”

Gosto de quem agita as águas. A Teresa é uma agitadora, e a sua pergunta um desafio provocador. Eu, cá por mim, vou andar às voltas em busca de uma resposta. Antes, porém, revisito Eça de Queiroz:

Oh deusa, tu és impecável: e quando eu escorregue num tapete estendido, ou me estale uma correia da sandália, não te posso gritar, como os homens mortais gritam às esposas mortais: - Foi culpa tua, mulher! “ 

E vocês, amigas e amigos, respondem à Teresa?

2 comentários:

ematejoca disse...

O Carlos foi buscar o meu deus da literatura, Eça de Queiroz, para me responder. Muito obrigada!

Ontem já fiquei a pensar na sua crónica sobre o Domingo.
Hoje, durante o cortejo de Carnaval, não me saía do pensamento, mas então, ao passar pela minha igreja é que senti a necessidade de lhe dar uma resposta, mas infelizmente, os anos na Alemanha roubaram-me a
língua-mãe, por isso só me limitei a mostrar algumas fotografias de um domingo profano ou talvez até nem o seja.

Rath, Helau!

Rogério Pereira disse...

mais profano, mais profano...
é aquele em que durmo mais
(se não me engano)