segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Do Viajante


A Sombra
Para onde me levas, caminho?
O silêncio diz-lhe nada.
Esguio e sujo, o desvio da picada condu-lo por entre piteiras.
Agora está ali agachado no escuro daquela sombra. Sombra que ele não sabe porque o é, já que o Sol hoje deixou-se mangonhar, não apareceu.
É estranho, murmura, esta sombra tem voz! Voz a querer saber:
- Porque estás assim tão silencioso, com ar tão penoso?
Ele responde:
- Porque no meu país só se brinca tristemente.
De repente tudo se fundiu na sombra.

12 comentários:

Gisa disse...

Uma realidade poética de uma triste constatação
Um grande bj

acácia rubra disse...

Carlos

Metaforicamente respondeste a uma parte do meu pensamento.

Pelo menos assim vejo este texto.

Carinhosamente, um beijo

São disse...

Nem tristemente se brinca, meu amigo!

Voltámos à camoniana apagada e vil tristeza!

Um abraço frtaerno, Carlos.

folha seca disse...

Caro Carlos Albuquerque
"Porque no meu país só se brinca tristemente."
Acho que esta frase no momento em que é escrita, contem um simbolismo arrepiante. Quantos dos foliões (com ponte ou sem ponte)Quarta Feira vão caír na real...
Abraço.
Rodrigo

Brown Eyes disse...

Este ano nem se brinca. Beijinhos

Rogério Pereira disse...

Sabes que te leio para além do que me dizem tuas palavras? Nem são as poucas entrelinhas do teu escrito, que me induzem... É mais o que me inspira... é mais o que me faz regressar à memória... tudo se funde na sombra, sem surpresa

Maria Ribeiro disse...

Olá, Carlos!
Beijo da
Mª Elisa

Raquel disse...

Como vai, Carlos?

Saudade de suas visitas. Apareça!

Abraço de cá.

Raquel.

http://apuraessenciadoser.blogspot.com

Rosa Carioca disse...

"Só se brinca tristemente"

Só tristemente...

acácia rubra disse...

Então, Carlos?

Está tudo bem contigo?... Espero...

Beijinho

Laura

Fê-blue bird disse...

Meu amigo:

Uma grande sombra paira sobre nós.
Quando num país se brinca tristemente, está tudo dito.
Espero e desejo que o amigo esteja bem.

Um beijinho

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um desabafo patriótico: "no meu paíssóse brinca tristemente". Forte isso, xará. Aliás, todo o poema é intenso./// Ah, consegui salvar arquivos,hotmail e blog. Obrigado pela preocupação.Abração.