sábado, 25 de fevereiro de 2012

Do Viajante

A Força e o Sonho
A noite espreita pelas portas abertas da janela. 
Olhando-se-lhe vê-se ser ela lenta, já velha, trazendo pela mão ventos que agitam o pensamento. Ventos de força. De que força?
Não sabe se está desperto. Como certeza tem apenas o não ter conseguido deixar-se no sono.
O para lá da janela diz-lhe que o luar quer, também, mostrar-se. A força, contudo, não o permite. Força? Que força?
Rompe. Lança as mãos pela janela. Segura a Lua, agarra-a e trá-la. Mas, ó desencanto! A Lua está vestida de paz podre, e é apagada a sua luz, envolvida por uma quietude triste. As estrelas dela se desligaram.
A força…Que força?
Que força é esta que o quer vergar? Onde está o seu rosto para que a possa ver?
Abre então os olhos. Deles se liberta o sonho cativo.
A força e o sonho bater-se-ão.
Ao que a força ao sonho fala, responde este:
- Não, sonhar não é desprezar-me.
 [“Pasmo sempre quando acabo qualquer coisa. Pasmo e desolo-me. O meu instinto de perfeição deveria inibir-me de acabar, deveria inibir-me até de dar começo. Mas distraio-me e faço. O que consigo é um produto, em mim, não de uma aplicação de vontade, mas de uma cedência dela. Começo porque não tenho força para pensar; acabo porque não tenho alma para suspender.”Bernardo Soares, Livro do Desassossego]
E porque o sonho e a força se bateram, o sonho diz para a força:
- És cobarde.

5 comentários:

São disse...

Eu não sei que força o sonho acusa de cobrade, mas a sua não de certeza!

Bons sonhos, meu amigo.

acácia rubra disse...

Carlos

Se soubesses como este "Livro de Desassossego" me desassossega sempre que nele pego e o releio e ajuízo.

Se soubesses como o teu texto e o excerto do livro me desassossegam ainda mais... é que
"Começo porque não tenho força para pensar; acabo porque não tenho alma para suspender."

Beijo de uma desassossegada

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um grande texto, amigo xará. Li duas vezes. Parabéns. Um abraço de bom domingo.

Teresa disse...

Carlos
Parabéns pela distinção lá no "Rochedo". Muito merecida!
Bjs

Carlos Albuquerque disse...

A todos.
Obrigado por aqui terem vindo