sábado, 29 de janeiro de 2011

Devaneios

Agora, que uns dias já passaram, roda-se o quício da azia, e abre-se a janela para um devaneio.

Meter é um verbo chato!

“Não metas a foice em seara alheia!"
- Deita-lhe a mão.
“Não metas o nariz onde não és chamado!”
- Essa agora! Cheira, cheira, que é bom.
“Olha, mete-o no c.!”
- Irra que é estúpido!
“Meter? Nem a brincar!"
- Olha, então vou carregar a sério!
“Mete aqui!”
- Querias…
“Mete aqui a tua mão!"
- Não meto, ponho!
“Não metas o carro à frente dos bois!”
- Põe!
“Mete mais do que pode!”
- Este verbo é mesmo parvo!
“Mete a quarta!”
- Isso é que era bom! Hoje é Sábado, minha!
“Mete a isca no anzol!"
- Não metas, põe! Se a meteres podes ficar sem anzol, sem isca e sem faneca!
“Mete-te em má cama!”
- Mete, mete e vais ver como a noite se faz longa!
“Não se hão-de meter os tormentos todos num buraco!”
- Pois não, não cabem. Se os puseres, com jeito, vais ver que os arrumas todos.
"Não metas a mão na massa!"
- Põe-lhe as mãos, coze-a e papa-a!
“Mete a viola no saco!”
- Viste o que aconteceu ao Benfica? Se tivesses dito põe-na de lado…

ADENDA: Em comentário aqui deixado, fala-me a amiga Fê-blue bird de:

"Meter o rabo entre as pernas"
- Põe lá o dito, põe, e logo vais ver como te saltam para cima.

8 comentários:

ematejoca disse...

O técnico da seleção alemã e o prazer de meter o dedo no nariz!!!

Óptimo fim-de-semana, sem azia!

folha seca disse...

Carlos
Ainda bem que já lhe passou a azia.
Eu cá por mim acho que ainda vai durar uns tempos.
Abraço

Marilu disse...

Querido amigo, adorei o texto muito interessante e inteligente. Beijocas

Rogério Pereira disse...

Não se deve meter todos os ovos no mesmo cesto.
Alguns estrelam-se logo!

Boa?

Fê-blue bird disse...

Meu amigo, são sabia que sabia devanear tão bem ;-)
Esqueceu-se deste devaneio :
"Meter o rabo entre as pernas."
lol lol
Beijinhos

maria teresa disse...

Só que o rabo já lá está! Ou será que mudou de sítio???
Abracinho meu!

acácia rubra disse...

Olá Carlos!

Realmente o verbo está em todas as bocas e em muitas das acções

Estamos numa altura em que toda a gente "mete" na mesa, no texto, e só alguns, muito poucos, metem, metem e metem no bolso....

Temos de "meter" ordem nisto, as não há maneira.

Beijo

AVOGI disse...

E há a cantiga bem pimba: mete mete que eu gosto. raio de letra. irra
kis :=)