domingo, 16 de janeiro de 2011

Presidenciais

“Os funcionários públicos, que tão duramente foram atingidos nesta crise, talvez nalguns casos com alguma injustiça, porque outros, com muito maiores rendimentos, não foram chamados a dar o seu contributo. A eles não lhe foram pedidos sacrifícios como foram pedidos aos funcionários públicos”.

Não, estas palavras não são de qualquer dos dois candidatos de esquerda, mas do candidato Cavaco Silva. Surpreendidos!? Eu ficaria, se elas não cheirassem a demagogia e a populismo. Só tenho uma dúvida: a que “outros” estava o candidato a referir-se? Às figuras do PSD e do CDS, gestores de empresas, alguns seus amigos? Aos banqueiros?

Não se ficou por aqui. Num outro comício, disse:

"Eu não sei se as imagens desta maré humana que me tem acompanhado chegam a casa dos portugueses através da comunicação social, ou se estão ou não a ser escondidas. É qualquer coisa que eu não sei, porque não acompanho hoje o dia-a-dia da comunicação social".

Não sabe, mas proclama que podem estar a ser escondidas…!
Há uns anos, quando era Primeiro-Ministro, dizia que não lia jornais e que nunca se enganava. Agora, hoje, afirma não acompanhar o dia-a-dia da comunicação social, certamente assoberbado pelos afazeres da campanha. E os seus assessores? E os seus conselheiros? Duma coisa parece não ter dúvidas: as imagens da sua campanha estão a ser escondidas!
Quem anda a querer iludir quem?


5 comentários:

maria teresa disse...

Estou FARTA! Não se si querido Amigo, mas da hipocrisia e da ESTUPIDEZ (aquela que se instala nos que se pensam estarem iluminados...)
Quero FUGIR para bem longe deste país que amo mas que não mostra as pessoas que possuem "ATITUDE"...
A múmia continua a delirar...e vai continuar, porque tem todos sentidos ainda mumificados e terá...
Abracinho meu!

São disse...

Cavaco Silva é demagogo, cínico e mentiroso. Ainda agora acabei de ver numa revista que é ele o candidato que mais tempo de antena tem tido!!

Só é enganado quem quer!!

Um bom domingo

Austeriana disse...

Este é o candidato que não usa posters na campanha, mas põe as bases do PSD a fazer e a distribuir bandeiras da candidatura dele.
Este é o candidato que é presidente da república há cinco anos e foi 1º ministro durante dez.
Este é o candidato que aprovou o orçamento de estado que possibilitou a redução dos ordenados dos funcionários públicos.
Este é o candidato do bluff, do vazio ideológico.
Este é o candidato da demagogia descarada.

Abraço.

Rosa Carioca disse...

Ainda não vi ninguém que me convença a entregar meu voto...

Osvaldo disse...

Caro amigo Carlos;

É por isso que o meu voto vai direitinho para o TIRIRICA COELHO.

Pelo menos este me deixa de bom humor.

Grande abraço.
Osvaldo