sábado, 8 de agosto de 2009

Morreu Raul Solnado


Faltavam 10 minutos para as onze da manhã deste Sábado.


A morte, que por intermitências já o tinha visitado, desta vez foi inflexível. Levou-o deixando-nos uma tristeza profunda. Raul Solnado morreu aos 79 anos não resistindo a graves problemas cardio-vasculares.
Perdemos o actor das mil faces que conseguiu pôr Portugal a rir de uma guerra sem sentido, quando a guerra colonial era um assunto tabu, com a sua rábula “A guerra de 1908”, que a censura fascista de Salazar tanto quis destruir! Rimo-nos, também, com outro dos seus monólogos: “A história da minha vida”. Mostrou a sua classe no dificil mundo dos humoristas brasileiros.
Foram as marcas de um humor nunca visto em Portugal e ainda não igualado. Mas Raul Solnado foi, também, marcante na sua passagem pelo cinema como no filme dramático de José Fonseca e Costa “Balada da Praia dos Cães” (1987), uma adaptação do livro com o mesmo nome de José Cardoso Pires.
Em Fevereiro deste ano, numa aparição na SIC, disse Raul Solnado: «A minha vida foi uma vida muito louca e dura, mas saborosíssima. E com esta agitação toda o meu coração está preso por um fiozinho. Portanto, deixa-me ir descansar»
E foi!
Não o esqueceremos!









5 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

Carlos
Linda a Homenagem a RAUL SOLNADO.
ELE MERECE!...
Agora vou dizer um segredo baixinho..
O Sporting ´
e uma das minhas grandes paixões...

é mesmo doença...

beijos verdes...

Filoxera disse...

Mais uma perda a lamentar...
Um beijinho.

Sofá Amarelo disse...

Sempre fui admirador incondicional de Raúl Solnado como profissional e como pessoa. O país ficou muito mais pobre com esta perda!

Maria João disse...

Carlos

Raul Solnado, faz parte da minha história, cresci a ouvi-lo e a vê-lo, com ele tudo era um pouco menos dificil..
A sua morte, reporta-nos para uma realidade diferente.. de que até os génios partem... sinais de que nada na vida é eterno, apenas as memórias, enquanto permanecerem naqueles que as recordam!

Excelente homenagem!

Um beijinho

Carlos Albuquerque disse...

Africa em Poesia:A paixão pelo Sporting é mesmo doença! Desejo rápidas melhoras, cura definitiva sem recidivas! Um beijo, mas este não é verde, não!
África em Poesia,Filoxera, Sofá Amarelo e Maria João: Obrigado por terem comentado neste post a recordar Raul Solnado.