terça-feira, 28 de julho de 2009

RTP (Lixo televisivo)



Lixo televisivo





A coisa passa na RTP1 aos domingos e chama-se “Há festa em…”. Diz o canal que “é um programa semanal, gravado em seis localidades bem portuguesas, conduzido por Fernando Mendes e José Carlos Malato”. Acrescenta: “ é também um programa de conhecimento…”
Localidades bem portuguesas: Alguém sabe o que isto é?
Conhecimento: participante, de olhos vendados, emporcalha as mãos em prato culinário leva pedaços à boca e tem que descobrir de que se trata. Prova chili e diz que é feijão-frade. A malta gargalha! O povo sai mais rico em conhecimentos. Boa! E, por aí fora!
Para não ficarem atrás Mendes e Malato (de olhos não tapados) metem a mão na comida e besuntam-se. Edificante exemplo para o pagode que volta a gargalhar!
Aquilo não passa de esterqueira televisiva, pura e dura! Dirão os pensadores da RTP que é o que o povo quer, mandam as audiências! Se esse é o aparelho de aferição de serviço, um dia deste transforma-se o Campo Pequeno em Coliseu de Roma, antes e pós-Marco Aurélio, enche-se a casa, importam-se uns leões do Quénia aos quais se servirá ao almoço cristãos ao natural e manda-se para lá um TIR da RTP para a gravação, talvez mesmo para o directo. O povo delirará, como há séculos atrás!
Tenham vergonha!
Lembram-se da Cornélia e de outros? O povo gostava, divertia-se, não perdia emissão, aplaudia e aprendia sem que fosse chamado a fazer figura ridícula.
Porque não mandam o Malato para um dos sítios onde já foi muito feliz e o deixam ficar por lá? E o Mendes, senhores, não há nada de jeito para lhe dar a fazer?
Para lixo televisivo já basta o que temos, não acham?

2 comentários:

Antonio saramago disse...

Por acaso é uma grande MERDA DE PROGRAMA!!!

Carlos Albuquerque disse...

Já somos dois!