terça-feira, 13 de outubro de 2009

Interagindo na Blogosfera (5)

Edito neste espaço, autorizado pelos respectivos autores, trabalhos de outros bloguistas ou blogueiros (a discussão sobre a escolha do sufixo anda por aí, havendo mesmo quem escreva bloggers). Viso alargar o espaço virtual em que nos movimentamos, revelar o que vamos fazendo para que o conhecimento se amplie. Uma interacção de partilha fraterna e amiga, naturalmente aberta à critica. As minhas escolhas poderão não ser as suas. Se assim for, diga-o, não deixe de comentar. Os comentários, recebidos ou enviados, são o sal da vida dos bloguistas. Cada um de nós tem a sua “espacialidade” própria. Abrimo-la à leitura de outros, assim, em jeito de tertúlia. As opiniões discordantes geram, muitas vezes, a discussão saudável que, em meu entender, enriquece quem nelas participa por bem. Para cada blog transportamos um pouco de nós próprios, adormecido cá dentro e que, não fora este espaço, continuaria letárgico. Já tenho participado em discussões no espaço de comentários de outros blogs. Regressei sempre a casa mais conhecedor, mais enriquecido.
Acrescento que no meu blog não permitirei, nunca, linguagem insultuosa.
Trago-vos hoje o poema “Desabafos” de Maria João, autora do blog “Pequenos Detalhes”.
Obrigado, Maria João.


Desabafos

Inundaram-se teus olhos gratos
Procurando alento, os perdidos
Caíram do ninho desfeito
Restos de orvalhos feridos

Pousaram nos meus já cansados
Que de sol e lua se atrevem
Mesmo que nada levem
Os teus lá ficam guardados

Esconde em mim teus segredos
Virás buscá-los um dia
Com eles enxoto os meus medos
Sem eles, não sei que seria

Despe então o desalento
Que te amarra a corrida
Mais do que este momento
A tua missão é a vida

E ao vento lanço teus ais
Essa busca amargurada
Se não sabes bem como vais
Segue nua, vai sem culpa, vai sem nada
(Maria João – Outubro de 2009)
(foto da Net, utilizada pela Maria João)

15 comentários:

Antonio saramago disse...

É preciso é conteúdo e o seu, seja seu ou de outro, tem sempre interesse.
abraço

heli disse...

Carlos.
Excelente escolha do poema.
Podemos sentir vida em cada uma das palavras colocadas.
Quero agradecer pelos seus comentários valiosos no Blog Chega Junto.Sua presença enriquece nossos conhecimentos e seguimos cada vez mais unidos na Blogosfera.
beijos deste lado do mar.
heli

(Carlos Soares) disse...

O que tem qualidade e conteúdo precisa e merece ser divulgado.Gostei abaixo tambéem sobre os direitos das crianças.Lindo,né.Pena que ainda está no papel. Um abraço

M@ disse...

Amigo junta-te a nós.
Pela indignação.
Manuela

ney disse...

Um belo trabalho esse seu, ampliando universos, vamos interagindo, trocando, aprendendo, crescendo, e nos tornando mais integrados, coerentes e humanos. No ciberespaço fica mais fácil atravessar oceanos, fronteiras, diferentes culturas, uma viagem espacial dos sonhos, sentimentos, pensamentos, libertando o mundo de suas absurdas cisões. Abraço/ney.

uminuto disse...

A nudez de um desabafo que adorei ler. Obrigada por esta partilha que a todos nos enriquece
um beijo

José disse...

Olá amigo Carlos,
Pelos comentários que tem feito no meu blog, se eu dizer muito obrigado
é pouco, mas é com emoção que agradece as suas palavras.
Quanto à sua postagem você só pode ser um escritor, ou jornalista da maneira como lida com as palavras.
Parabéns há Maria João, pelo o bonito poema.

grande abraço

Mário Margaride disse...

Olá, Carlos.

Mais uma bela obra aqui nos trazes.

É belo este poema da Maria João.

Um boa semana.

Abraço!

Mário

Rosa Carioca disse...

Feliz idéia essa de "alargar" o seu espaço. Gostei.
Grande abraço.

Agulheta disse...

Amigo Carlos.No texto que nos escreve,assim deve ser os blogueiros( discussão pura e saudável) e não como vejo alguns de só lavar roupa suja! gostei como disse nas suas palavras.Quanto ao poema lindo e de grande sensibiliadae,parabéns à Maria João.
Beijinho amigo.

Ignoto Jardim disse...

Olá, colega , passei para dizer boa tarde!

Demóstenes disse...

Subscrevo as suas doutas palavras sobre este fenómeno relativamente recente.

E acrescento ser magnânimo da sua parte divulgar outros que não o seu.

Maria João disse...

Carlos

É bem verdade que o mundo não acaba no exacto limite de nós próprios. Já tive oportunidade de lhe dizer o que penso sobre a forma como reconhece e divulga o trabalho de outros.
Coube-me a mim, desta vez, tão generoso reconhecimento.
Terem os meus " Desabafos", mérito para divulgação no seu espaço, acredite que é para mim uma honra!

Grata, sempre
Um beijinho

nereida disse...

Carlos, boa noite!
Como já comentado anteriormente, apoio totalmente essa sua iniciativa, inclusive, como sugestão, que tal se todos quanto adotarem a sua idéia também denominarem o referido espaço de "interagindo na Blogosfera"?
Desculpe-me a ousadia, mas creio que , isso, iria identificar os blogs que partilham os belos textos dos autores blogueiros . Só uma sugestão, heim?

PS: deixei um comentário no post de 30 de setembro!
Abraço,
Nereida

graciete filipe disse...

Parabém para o autor do poema, e parabéns também para a pessoa que os meteu aqui.
Um abraço carinhoso para ambos.